Header Ads

ad

A Suprema espera de Cássio

Hoje é dia de diplomação dos eleitos nas últimas eleições gerais. O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) estará diplomando os eleitos às 17h, no Auditório da Estação Cabo Branco de Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa.

Serão diplomados 86 candidatos eleitos, considerando os 03 suplentes mais votados de cada partido ou coligação, portanto: 36 Deputados Estaduais e 21 suplentes; 12 Deputados Federais e 09 suplentes; 02 Senadores da República e 04 suplentes; o Governador e o Vice-governador do Estado.

A grande expectativa, porém, se deu quanto à diplomação do Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que obteve mais de 1 milhão de votos dos paraibanos. Com registro de candidatura rejeitado pelo TRE/PB com base na conhecida lei da “Ficha Limpa”, Cássio continua lutando, agora no STF, para garantir sua vaga no Senado Federal.

Cássio desabafou via Twitter sua não-diplomação: Hoje como já disse é um dia triste para mim. Sinto-me cassado pelo 2ª vez. Aos poucos minhas crenças morrem. Que renasça minha esperança - declarou.

De fato, é um absurdo concebermos uma situação de insegurança jurídica como esta em nosso país. Cássio já cumpriu a sanção que lhe foi imposta pelo TSE, cumpriu também a inelegibilidade por três anos, ou seja, até 2009. Não há razão para que uma lei posterior venha retroagir para mais uma vez – e pelo mesmo fato – condenar qualquer que seja o cidadão pela segunda vez.

Uma coisa é certa, na contramão de tudo isso, Cássio tem mantido firme sua luta e demonstrou isso com garra em toda a campanha de 2010. É sem dúvida a maior liderança política da Paraíba. Digo isto porque, mesmo diante do turbilhão de críticas e obstáculos que Cássio enfrentou nas últimas eleições no guia eleitoral e na mídia em geral, poucos políticos no Brasil mantiveram eleitores tão fiéis como ele. As urnas provaram isso. Alguém já disse até que Cássio não tem votos, mas sim "devotos".

Nos próximos dias, estaremos elucidando juridicamente o caso. O fato é que no STF a esperança de Cássio pode se tornar uma realidade, pondo um ponto final em sua "suprema espera".

André G. Bronzeado

Nenhum comentário

slider

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.