Header Ads

ad

A Fórmula do Amor


                Amor (ô) sm. 1.Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem. 2.Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro ou a uma coisa. 3.Inclinação sexual forte por outra pessoa. 5. Afeição, amizade, simpatia. 6.Objeto do amor (1 a 5) Amor a primeira vista: Amor súbito, surgido no primeiro encontro. Amor carnal: O que está ligado ao desejo sexual. Amor livre: Aquele que exclui a consagração religiosa e o casamento. Fazer amor: Ter relações sexuais.
                Segundo a definição bem discursiva apresentada pelo Dicionário Aurélio, podemos compreender em meio a razão do que se trata. Contudo diferentemente do que muitos acham, é fácil entender, difícil mesmo é sentir de verdade.
                Muitos confundem o que se chama de paixão com o que é o amor. Para explicar isso de uma forma mais clara, prefiro citar as palavras do então Padre Fábio de Melo: “A paixão sobrevive de pressas; o amor, de demoras. A paixão é um fogo alimentado pelo álcool. Queima rápido. O amor parece ser fogo a lenha. Tem ritmo diferenciado.”
                Concordo com as palavras do padre e acrescento ainda que não me refiro apenas ao amor entre casal, até porque amigos também dizem: Eu te amo.
                Cito também o amor de Deus que é salvador, imenso e por isso incalculável. Capaz de mover multidões e pai de uma fé inabalável.
                Generoso, protetor e imenso é também o amor de mãe. Como consta na Bíblia Sagrada dos católicos: “O amor é paciente, o amor é prestativo, não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho. Nada faz de inconveniente, não procura seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas regozija com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo suporta. O amor jamais passará.” (I Coríntios 13)
                Lindas são as palavras e lindas também são as atitudes tomadas por esse sentimento. O amor que é realmente verdadeiro é aquele que acontece em meio ao cotidiano da vida. Onde as atitudes, as palavras e os relacionamentos sobrevivem e permanecem com o mesmo.
                Por isso que o que importa não é anunciar o amor, não é usar muitas vezes a colocação errada (te amo) e não viver esse sentimento. É preciso sentir primeiro, falar depois.
                Não discordo do amor a primeira vista, pelo contrário, acredito muito que ele existe, mas é importante que ele dure e seja eterno, não sendo apenas a primeira visão.
                Realmente a fórmula do amor não é fácil de ser encontrada. Vai ver que é porque ela nunca existiu. Retomando a palavra sagrada: “As línguas cessarão, a ciência também desaparecerá. Pois o nosso conhecimento é limitado, limitada é também a nossa profecia. Mas, quando vier a perfeição, desaparecerá o que é limitado.”
                Então eu lhe pergunto: O que vai permanecer? Sem dúvidas é o amor. Não existe definição, fórmula ou qualquer meio científico que possa definir o que é isso.
                Infelizmente muitas pessoas ainda se enganam em querer falar o que não sentem, assim acabam decepcionando aqueles que cativaram. Pois como diria o escritor, "tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."
                O irônico é o poder desse sentimento, pois é ele que cura as feridas causadas pelo próprio. A busca incessante pela fórmula é inútil! Pois o amor jamais passará...
Vitória Nunes

3 comentários:

  1. que liiiiiiindo,adorei!
    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo texto Vitória.
    Verdade, da mesma forma que o amor deixa feridas o mesmo as cura.
    Acho muita hipocrisia dizer eu te amo apenas esperando ouvir o mesmo. Como você mesma escreveu 'É preciso sentir primeiro, falar depois.'
    ;**

    ResponderExcluir
  3. Vitória...
    Seu melhor texto até agora. Muito feliz em tê-la aqui. Muito bom ler e aprender com você prima!! Você escreve com simplicidade, mas não é superficial. É sofisticada, sem ser pesada...

    Muito orgulhoso!!
    Bjo

    ResponderExcluir

slider

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.