Header Ads

Brasil

Nordeste: Um Diamante Bruto

               Já dizia Euclides da Cunha que o nordestino é, antes de tudo, um forte. Concordo plenamente com as palavras do então escritor carioca. E acrescento ainda que o nordeste brasileiro além de ser forte por sua formação e seu espaço territorial apresenta belos e históricos cenários ao longo de seus nove estados.
                São eles: Paraíba, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte, Sergipe, Ceará, Maranhão, Alagoas e Piauí. Se o nordeste brasileiro fosse um país, seria o 19º maior do mundo.
                Uma pena é que essa região do país é tão pouco divulgada pela mídia, fazendo com que o Brasil não tenha oportunidade de conhecer tão grande beleza disponível nesta nação. Além de um belo litoral, o nordeste possui o único deserto brasileiro, um lindo arquipélago, o maior teatro ao ar livre do mundo e cultura pra dar e vender.
                Contudo a teledramaturgia brasileira divulga apenas uma sociedade contemporânea carioca ou às vezes paulista, em que na maioria das vezes só pelo seu início sabemos seu final, pois já se tornou repetitivo.
                A grande questão é que quando o nordeste é divulgado em mídia nacional, os artistas de nossa terra, (sim nossa terra, pois falo como uma autêntica nordestina), não são aproveitados. Deixando em vista aquele velho sotaque forçado dos artistas do sudeste, sem necessidade, pois quando falamos em arte o nordestino é também gigante.
                São artistas de nossa terra simplesmente alguns nomes como: Marcélia Cartaxo premiada com o Urso de Prata no Festival de Berlim, Lázaro Ramos, Wagner Moura, Chico Anysio, Renato Aragão, Patrícia Pilar, José Wilker, Arlete Salles, o dramaturgo Ariano Suassuna, muitos outros. Então não é preciso que nós, telespectadores, ao nos deparar com uma novela típica tenhamos que escutar o nosso sotaque de uma maneira forçada e diferente, já que possuímos tantos artistas conceituados e nordestinos.
                Nossa região está repleta de inovações para a teledramaturgia, lugares históricos como o Forte de Santa Catarina na Paraíba, o Pelourinho na Bahia, O Instituto Ricardo Brennand em Pernambuco, além das belas praias, Dunas no maranhão, e toda a carga histórica que essa região do país desfruta. Basta que tudo isso seja mais valorizado e mostrado pela mídia nacional, desde que seja interpretado por artistas nordestinos, enfatizando e mostrando a força de nossa terra.
            O Brasileiro precisa conhecer a ‘’parte positiva’’ da terceira maior região do país, e ainda mais conhecer a cultura do sertanejo, diversificando assim o cardápio da teledramaturgia.
                                                        
Vitória Nunes, uma nordestina.

Nenhum comentário

slider

Tecnologia do Blogger.