Header Ads

Brasil

' Eu vou pagar a conta do analista, pra nunca mais ter que saber quem eu sou ...'




Hoje na aula de filosofia percebi que sou um boneco.

Um simples boneco, que faz movimentos avulsos e involuntários

Num certo momento percebemos que somos todos assim, que somos o que o capitalismo quer e nos nem percebemos.

Porque essa grande maquina de desvaleres, e essa casca que nos cobre, que temos ainda o prazer da luxuria, da perca do tempo, as vitrines acesas de glamour, os manequins são nossos deuses, e nos como pobres mortais nos ajoelhamos aos pés deles e fazemos suas vontades. A grande questão do capitalismo: tudo é um golpe de marketing.

Somos brinquedos, com navalhas. Cartão de credito é a destruição.

17 % de juros?

É esse o nosso preço. Vendemos-nos por roupas, sapatos, ‘liquidações’, nosso preço é esse? São essas coisas que morrermos parcelando, somos escravos dos poucos com muito?

‘Quanto vale o show?Quanto vale o amor? Quanto vale então fazer das tripas coração’

Eis que nos versos da ‘ La plata’ música de Jota Quest em critica ao capitalismo, também como o novo cd de Capital Inicial intitulado de ‘Das Kapital’ livro de Karl Marx.

Em meio à filosofia e ao capitalismo, sou aquele agora que ia mudar o mundo.

Criticas valem à pena? Eu digo lhes que não. Isso não vai mais mudar, está no nosso subconsciente, não vai mudar, ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais. Valer a pena não vale, ainda. Precisamos de outro jeito, e por enquanto, serve esse mesmo.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo espaço. É isso aí... vamos refletir... um abraço e bom dia.

    ResponderExcluir

slider

Tecnologia do Blogger.